Estilo provençal: o clássico que nunca sai de moda

A decoração provençal tem sua origem na região da Provença, que são áreas rurais ao sul da França. A presença da lavanda é bem marcante, isso porque na Provença existem extensos campos de lavanda, que conferem belíssimas paisagens ao local e atraem turistas do mundo inteiro.

O cheiro de lavanda, os móveis brancos desgastados, os tons suaves e tecidos florais fazem lembrar o charme do estilo provençal, derivado das casas rurais e do modo de vida simples da região. O ápice do estilo foi os anos 1980, quando virou febre mundial, mas sua origem remete ao período entre os séculos 16 e 18, período que as famílias camponesas adaptavam a decoração vigente utilizando os materiais e recursos que tinham em mãos para imitar as casas da realeza.

Foi uma maneira bastante criativa de chegar mais próximo destes ambientes. Os artesãos, para esconder os defeitos da madeira mais inferior, inventaram uma mistura à base de gesso e cola, chamada gessocré. Essa mistura disfarçava os defeitos da madeira; porém, com o tempo, a pátina se desgastava e o móvel adquiria uma aparência envelhecida, que criou o estilo. Com o tempo o estilo provençal ganhou status e virou sinônimo de elegância. Tal efeito é conseguido atualmente com a pátina que muitas vezes é chamada de “provençal”.

Estamos falando de uma decoração que nos remete ao estilo de vida rural dos franceses, com casas rústicas de pedra entre os campos de lavanda. Mesmo o interior das casas apresentam as paredes de pedra, com vigas de madeira aparecendo.

Ao contrário do que tenta ser passado pelas lojas de decoração, talvez o branco não seja a cor predominante, mas sim diversos tons de amarelo, verde, madeiras mais escuras e artefatos em ferro, podendo contrastar com objetos mais delicados de porcelana. Os móveis podem manter o acabamento torneado típico francês, mas isso se mistura com uma atmosfera mais rústica do que se imagina.

Para fazer a sua versão e não correr o risco do ambiente ficar muito caricato, a dica é exatamente não carregar no branco e compor com outras cores e materiais, como o ferro, o cobre, a madeira natural e a pedra e combinar estampas diferentes, como floral com listras, sempre em cores próximas ou parecidas.

.

.

French Country Style

Conhecido internacionalmente como “French Country Style” (Estilo Francês Campestre, em tradução livre), essa vertente da decoração é caracterizada pela rusticidade aliada a recursos que proporcionam acolhimento e conforto, porém, não há regras rígidas. Os ambientes são mobiliados com móveis pintados, desgastados ou não, paredes de pedra, ásperas e/ou manchadas, madeiramento do telhado aparente, materiais naturais, tecidos florais, estampas “Toile de Jouy” (pronuncia-se ‘toáli de juí” e possui desenhos de cenas rurais e cotidianas), pisos claros de madeira ou terracota, peças de cerâmica colorida, castiçais de ferro, cestas de arame e tudo o mais que lembrar a vida rural.

Apesar do branco ser a cor predominante, diversos tons de amarelo, verde, lilás, azul e até vermelho , além das madeiras mais escuras decoram os ambientes. Por ser bucólico e meigo, o estilo provençal costuma ser aplicado às copas e salas, no entanto, adapta-se bem a outros ambientes. Também é possível misturá-lo a estilos diversos, desde que tenham a mesma linguagem.

De resto, é só usar sua imaginação, espalhar flores do campo pela casa e transportar-se para a Provença!

.

Linha Classy Elgin (HG)

21- classy2

A Linha Classy Elgin é a linha que mais se aproxima do estilo rústico, clássico e rebuscado do provençal. Embora seja uma das mais tradicionais do catálogo Elgin Mobili & Design, também se adapta facilmente com qualquer toque contemporâneo, ou mesmo cores e texturas diversas.

Use a Linha Classy no seu projeto e faça parte do estilo provençal com a Elgin!

.

.

.

Link: http://bit.ly/1OjTexw

 



O que você achou deste post?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)




provençal


Leia também




Comentários