Conhecendo melhor as características das cores

Elgin - 08/09/2016

Aprenda a fazer uma lousa prática

Elgin - 08/09/2016

Como fazer uma boa combinação de cores

Elgin - 08/09/2016
17-08_headerv2
lousa-header
08-09_header

Depois de tornarmos as cores mais próximas de nós, com o texto Conhecendo melhor as características das cores, é hora de vermos algumas dicas importantes para combiná-las, afinal as cores foram feitas para estarem juntas, mas isso é um pouquinho mais complexo do que pode parecer. Vamos juntas!

Ainda que possa parecer que em algumas situações cotidianas as cores tenha sido escolhidas aleatoriamente, isso provavelmente não foi assim. Não existe certo ou errado em arte, né minha gente? Mas existem objetivos, argumentações e, o mais importante, racionalizar e se debruçar sobre o seu trabalho, dando atenção a todos os detalhes que ele engloba.

Pra ajudar a desenvolver esse pensamento, nós separamos algumas maneiras legais de combinar as cores, e vocês já podem ir se inspirando a seguir os nossos DIY com esse novo aprendizado das cores: Aprenda a fazer uma pulseira com fita e pérolas; Necessaire com tecido geométrico; Almofada floral.

Monocromática: chamamos de monocromática uma combinação em que se utiliza apenas uma cor e varia entre seus tons e intensidades. Ela pode ser bem interessante em alguns looks e, dependendo da cor, na decoração também.

08-09_blog1

Composição monocromática

 

Harmoniosa: uma combinação harmoniosa pode incluir várias outras formas de combinação de cores, mas ela implica, necessariamente, em uma composição que funciona com a junção ou justaposição de cores, de forma atrativa. Uma harmonia cromática clássica é o resultado de um equilíbrio entre uma cor dominante, – com maior extensão na composição – uma cor tônica – a cor forte – e uma cor intermediária.

 

08-09_blog2

Composição harmoniosa

 

Primária: combinação das cores primárias (vermelho, verde e azul). A dica aqui é intercalar com cores neutras, pra equilibrar a força dessas cores.

Complementar: são duas cores completamente opostas do círculo cromático, como o amarelo com violeta, vermelho com verde ou azul com laranja. Nessa combinação é interessante que uma predomine sobre a outra, seja a cor fria ou a quente.

08-09_blog3

Composição complementar

Tríade: a tríade forma composições mais modernas e bem diferentes. Nela combina-se três cores com a mesma distância entre si, dentro do círculo cromático.

Agora você já pode abusar da criatividade e dar um toque a mais de pessoalidade às suas criações! No próximo e último texto da série, vamos trazer dicas para escolher um esquema de cores para os seus trabalhos, baseado na ideia que você quer passar. Não vai perder, né? Fica de olho no que vem por aí :)